...Gramado Iluminado...

terça-feira, 4 de janeiro de 2011
I
Arquibancadas lotadas,
fogo e água.
Coloridas ao céu rajadas
do fogo em resplendor.
Canhões de luzes multicor.
Rodopiam a lagoa em fila o coral.
O palco de nuvens céu seu ponto final.
---

II
Segue-se o trovão dos tenores,
logo tenoras de vozes graciosas.
Abaixo seus globos de cores.
Fogos de artificio multicores
da sinfonia embelezando e criando harmonia.
---

III
Três linguagens numa canção
encantando a multidão.
Ao silêncio da voz o estrondo dos trovões.
Assobio dos cometas e suas caldas
com suas chuvas de prata.
Desintegrando fogos como planetas
os raios de luz brincam com suas silhuetas.
---

IV
Das velas que se acendem
a imensidão da multidão.
A água e o fogo simbolizando paz e união
de total beleza na escuridão.
Gaita de folio a Noel,
sopros dos ventos do céu.
Pré Natal em espetáculo e canção.
---