...Para Ressoar Como Uma Doce Bala No Ar II...

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
...repare o saculejo da loira, morena, negra e japonesa nas ruas e pelas calçadas, uma maravilha subindo as escadas, cheias de curvas gordinhas e magrinhas, altas e baixinhas cada uma com sua beleza, calma ou nervosa, tímida ou espalhafatosa fazem nosso olhar acompanhar seus caminhos reparando nos seus jeitinhos, mãos e bocas, todo seu corpo e suas roupas, meigas ou loucas, azedas ou com mel na boca cada uma diferente da outra atraindo por seus aromas e olhares, movimentos e andares, o que seria de nós sem elas todas belas, princesas e rainhas, fadas e bruxas malvadas sempre disfarçadas...
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
JJr.

2 comentários:

  1. Ana e Dane disse...:

    tem selinho lá no blog. passe lá pegar o que ovcê não tem! abraços nossos!

  1. tem que haver disfarce para virar poesia

    obrigada pelo presentinho menino

    P.S - matusquelo é maluco...kkkkk (no meu dialeto mineiro né?)