...♪... XVI

sábado, 20 de agosto de 2011
"...A cada noite, eu Ariana, preparando
  Aroma e corpo. E o verso a cada noite
  Se  fazendo de tua sábia ausência..."
                           Canção I - Rita Ribeiro.

"Porque tú sabes que é de poesia
  Minha vida secreta..."
       Canção II - Verônica Sabina.

"A  minha Casa é guardiã do meu corpo
  E protetora de todas minhas ardências..."
                         Canção III - Maria Betânia.

"...Porque te amo, Dionísio,
é que me faço assim tão simultânea
Madura, adolescente..."
Canção IV - Jussara Silveira.

"A mim me importa, Dionísio, o que dizes deitado...
...E o que tu dizes nem pode ser cantado...
...E no meu verso se faria injúria
E no meu quarto se faz verbo de amor.
Canção V - Angela Rô Rô.


CD: Odê Descontinua E Remota Para Flauta - De Ariana Para Dionísio.
Hilda Hilst & Zeca Baleiro.