...é uma outra história IX...

sexta-feira, 20 de junho de 2014
...
Vejo que carregas uma bela espada. disse o Grande Leão.
Presente de minha mãe pra se proteger. E não me faça nenhuma piada!
sorrio dizendo o Pequeno Polegar.
Segure-se! Vou fazer um pouco de vento.
Ao bater de suas asas o Grande Leão Alado soltou algumas de suas penas
que pousaram sobre o solo.
Escolha e leve-as consigo, sempre que precisar com seu peso e a ajuda do vento elas o ajudarão a flutuar!
Escolha bem!
Serão suas asas e também embarcação.
- Piscou o Grande Leão Alado - Ouvi dizer por ai que voa nas borboletas e que isto como todos nós sabemos não é de bom grado a elas sem um convite formal.
olhou o Grande Leão Alado para ele desta vez não tão agradavelmente
enquanto o pequeno
que escolhia quais penas iria levar consigo
disfarçadamente fazia que não via ou ouvia
aquela desaprovação do Grande Leão.
Muito Obrigado Senhor Leão! sorriu alegremente o Pequeno Polegar
já testando suas penas enquanto o Grande Leão
sorria novamente olhando para ele
e lembrando-se de alguma semelhança
a muito já esquecida e perdida.
É sábio e saberá como usa-las,
a sua frente encontra-se o Imenso Rio.
Adeus pequeno! Polegar.

Baseado no livro: O Pequeno Polegar - Charles Perraut
&
As Viagens do Pequeno Polegar - Irmãos Grimm.