...PasseAndando Por Ai XIV...

sábado, 5 de maio de 2012
"A gente vai fazendo o melhor, veja só, isto é até bonito: a gente deixa que a vida aconteça, fica de braços abertos, e então se esforça para fazer do jeito mais bonito, com a maior alegria possível... ...Eu fico pensando que às vezes as melhores coisas da vida vêm assim: desavisadamente e sem espera. Um sobressalto. São pequenos presentes, pequenos milagres, pequenas belezas que nascem de onde a gente achava que não havia nada, que andava tudo minguado... ...Isto é preciso, afinal, e é o que faz a diferença, o que difere uns dos outros: confiar. Ter fé, esperança, e não perder a alegria, essa que move e faz acordar todos os dias, lavar o rosto, levantar a cabeça e seguir em frente, mesmo que já não se saiba o que há adiante, onde a estrada há de terminar. Porque no fim a gente nunca sabe, ninguém sabe – e aí é que mora a beleza."

1 comentários:

  1. Alê disse...:

    Também acredito nas surpresas risonhas do caminho... sempre!