...Pensantimentos LXXXI

sábado, 20 de junho de 2015
~§~
Jangadeiro na canoa
tua veste vela
se hasteia
ao beijo do vento,
a dança das ondas,
a beleza das horas.

Encandeia
o sopro, o pavio,
óleo no candeeiro
a casa e o cheiro.
Assopra pra dentro de mim
todo odor
pois o que queima
é calor.

Vela,
balança chama
pra quem se deita
ela é cama
é o sonho do pescador
é rede
bordada
de sereia escamas.

Paz,
que se banha,
que se benze.
~§~
JJr.